Carta ao papai

Olá meu pai que tanto me ensinou, meu pai que foi criança comigo, que foi adolescente comigo e que assim quis o destino se tornasse adulto comigo, agradeço todos os dias por ter tido essa oportunidade de convivência, desobedecer quando criança, ser rebelde quando adolescente, desconfiar de seus conselhos e sabedoria quando adulto. Tudo isso faz parte de um aprendizado de pai e filho, mas como o tempo urge mal pensamos nisso e talvez quando pensarmos o tempo nos castigue. Ah! O tempo sempre ele que traz alegria, dor, surpresas e para mim como citei me presenteou com a convivência de meu pai, briguei, desobedeci, cresci, fui perdoado, presenteado até hoje por ele ainda estar ao meu lado, ainda sorrindo, brigando, assistindo ao futebol, sempre com seu bonezinho, obrigado tempo, obrigado vida, obrigado pai...


49 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo