Uma história mágica: Eramos 11 mais o Banco de Reserva




" … quando senti a marcação esquivei para direita e com um belo drible de corpo escapei do primeiro, pedalei e me livrei do segundo fumaça se apresentou e uma linda tabela foi feita, me adiantei ao zagueiro dei um tapinha na pelota senti o ventinho do carrinho que passou raspando, armei para a canhota olhei o goleiro no meio do gol e na hora da chinelada senti um trança pé daqueles de levantar dois metros do chão me estatelei no gramado gritando escutei o apito do juiz confusão empurra, empurra, chegou a turma do deixa disso, juizão sacou do bolso o canarinho e esfregou na fuça do volantão fui me levantando devagar com a ajuda do capitão, naquele momento ele me deu a bola, gorducha, redonda, pelota, etc e tal e disse:

- Chega ai Francês agora é hora mano, você é o cara confio em você e lembre-se podem nos tirar tudo menos nossa honra e dignidade.

Peguei a gorduchinha com carinho arrumei ela na marca enquanto o juiz contava os passos da barreira, o juiz apitou respirei fundo e chutei enquanto a bola passava pela barreira lembranças da minha vida e de tudo que aquele time fez para chegar até ali e enquanto a bola girava meus pensamentos voavam ..." Escrito por Oshuma Galleti Para comprar o livro acesse: https://www.amazon.com.br/%C3%89ramos-11-mais-Banco-Reserva-ebook/dp/B0871PKG6C/ref=sr_1_1?__mk_pt_BR=%C3%85M%C3%85%C5%BD%C3%95%C3%91&dchild=1&keywords=OSHUMA+GALLETI&qid=1596045254&sr=8-1

21 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo